quarta-feira, 13 de novembro de 2019

NOVIDADE: VERONESE DE ANTÓNIO RAMALHO DE ALMEIDA


No dia 16 de Janeiro de 1913, pelas cinco horas e vinte e cinco minutos de uma madrugada trágica, o vapor “VERONESE” da carreira de Liverpool – América do Sul, naufragou, ao largo da praia de Leça da Palmeira, mais propriamente em frente à capela da Boa Nova, num fundo rochoso a que chamam Lenho.
Tendo feito a ultima escala em Vigo, e recolhendo no porto cerca de 200 passageiros e tripulantes, o Vapor ao largo de Viana, foi envolvido por um intenso nevoeiro, tendo deixado de ver os faróis de terra.
A tempestade que se instalou de imediato levou-o, apesar de todos os cuidados e de uma velocidade reduzida, ao encontro com as rochas da praia e o desastre deu-se.
Fustigado pelas ondas de um mar enfurecido, em poucos segundos ficou imobilizado, sofrendo os efeitos de uma tempestade em que as ondas, o vento, o nevoeiro, a chuva, a noite, e muito precocemente, a falta de luz no barco, manietou por completo qualquer tentativa de socorro.
Veronese é um romance apaixonante baseado numa história verídica de drama, sofrimento, e heroísmo, afinal a dura história da costa atlântica portuguesa.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

PÁRA-QUEDISTAS EM COMBATE 1961-1975 DE NUNO MIRA VAZ

Estará brevemente disponível nas livrarias o livro Pára-quedistas em Combate 1961-1975 de Nuno Mira Vaz.
Um livro com bastante informação da actuação desta força de elite nos três teatros de operações durante as campanhas de África.
Contém igualmente referências à sua actuação em Timor e um capítulo dedicado às Enfermeiras Pára-quedistas da Força Aérea.
Boas Leituras!

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: CAETANO, SPÍNOLA E MOBUTU


O livro Caetano, Spínola e Mobutu, As Relações Bilaterais entre Portugal e o Zaire (1968-1974) tem na sua génese a investigação realizada para a elaboração de uma tese de doutoramento e tem como objectivo principal a análise das relações bilaterais entre Portugal e o Zaire, num período compreendido entre 1968, desde que Marcello Caetano chegou ao poder, e 1974, ano que marcou a viragem para um regime democrático em Portugal. 
O enfoque do estudo recaiu nas bases do comportamento político de Marcello Caetano e de António Spínola em relação a Mobutu, no sentido de descortinar pontos de convergência e/ou de ruptura no conceito de acção política por ambos adoptado, tendo em vista a consecução dos objectivos pré-estabelecidos, relativamente a um denominador comum: o Zaire.
Boas Leituras!

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

DIÁRIO DE CAMPANHA, GENERAL TAMAGNINI COMANDANTE DO CEP


Este livro inclui a difícil transcrição do Diário de Campanha redigido pelo General Fernando Tamagnini, Comandante do CEP, em pleno Teatro de Operações na Flandres, entre 21 de fevereiro de 1917 e 24 de agosto de 1918.
Trata-se de um manuscrito sensível e irreverente, igualmente transparente e polémico, o qual permitirá conhecer melhor a participação do CEP na Flandres, mas também explicar e até desconstruir alguns mitos enraizados no imaginário popular e na produção historiográfica contemporânea.

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: OFICIAIS MILICIANOS PARAQUEDISTAS DA FORÇA AÉREA PORTUGUESA


Sugestão de Leitura: Oficiais Milicianos Pára-quedistas da Força Aérea Portuguesa, os que combateram em África, de José Barbosa.
Um trabalho de investigação notável, e com muita iconografia, dos os oficiais milicianos que serviram no CTP em África.
Um livro indispensável para o conhecimento da história do Corpo de Tropas Paraquedistas Portugueses.
Boas Leituras!

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: O CAMINHO DA ÍNDIA DE PETER WIBAUX


Esta é a história de uma viagem tornada possível por homens que liam as estrelas, jogavam os jogos da política e da guerra melhor do que nos tempos de hoje, e que ousaram arriscar o futuro de toda uma nação pelo pote de ouro de Marco Pólo.
É a história da subida à ribalta de um pequeno país com pouco mais de um milhão de almas, que passou a figurar entre as principais potências europeias e foi pioneiro da globalização.
É a razão pela qual se bebe chá em chinês e português, e a palavra chave tem o mesmo significado em português e em kikuyu, uma das principais línguas tribais do Quénia...
Baseado em anos de investigação, este livro conta-nos os feitos daqueles homens que arriscaram a vida em viagens tão ousadas quanto perigosas - e do rei cuja coragem, inteligência e visão abriu Portugal ao mundo.
Boas Leituras!

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: PORTUGAL EM CRISE. DA AGONIA DA MONARQUIA À IMPLANTAÇÃO DA REPÚBLICA

Sugestão de Leitura: Portugal em Crise, da agonia da monarquia à implantação da república de V.A.
Com textos de Antero de Quental, Manuel de Arriaga, Bernardino Machado, e outros, a presente publicação pretendeu ser um verdadeiro compêndio de história das ideias.
Surpreendente, ou talvez não, são as críticas apontadas por muitos destes autores ao regime e que, afinal, subsistem hoje em dia.
Da defesa e segurança à educação, da economia à sociedade o leitor encontrará decerto muitos pontos de contacto com os vícios de que Portugal padece hoje em dia.
Para ler e pensar.
Boas Leituras!