sexta-feira, 23 de agosto de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: OS CONFERENCISTAS DO CASINO



Os autores que integram esta colectânea fazem parte daquela geração de portugueses que, lutando contra fortes ventos adversos, tentaram sempre, com elevado sentido crítico e patriótico, desbravar os caminhos que dessem ao país a possibilidade de se desenvolver, nos planos social, económico e intelectual.
Paladinos da liberdade de pensamento e do estudo fundamentado dos problemas, pugnaram pela regeneração política e moral, recusando-se a aceitar Portugal como "um mundo escuro, pobre, inerte, sem invenção e sem costumes, mergulhado no torpor e na indiferença".
Disse Eça de Queiroz, n'As Farpas de Junho de 1871, a propósito das Conferências do Casino e do seu encerramento intempestivo: Nós queremos a revolução feita serenamente no domínio das ideias e da ciência, primeiro, depois pela influência pacífica duma opinião esclarecida e inteligente...
Possa esta edição ajudar a reavivar a memória dessa revolução tentada e até hoje ainda não cumprida.

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: AMEAÇAS E RISCOS TRANSNACIONAIS NO NOVO MUNDO GLOBAL



Coordenado por João Vieira Borges e Teresa Rodrigues a presente publicação trata de questões tão diversas como o mundo bizarro (de hoje e de amanhã), o terrorismo transnacional, a pirataria marítima, a criminalidade transnacional organizada, as armas de destruição massiva. As ciberameaças e o quadro legal dos conflitos no ciberespaço. As ameaças e riscos intangíveis aos estados frágeis e as guerras civis. Os conflitos regionais e a disputa por recursos naturais escassos, as mudanças climáticas e desastres naturais, os choques demográficos e a ordem jurídica internacional sem esquecer a intelligence.
Um manual de referência para o académico mas acessível a todos quantos se interessam por estas questões.
Uma co-edição Fronteira do Caos/Academia Militar/IPRI.
Boas Leituras!

terça-feira, 20 de agosto de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: A GRANDE GUERRA EM ÁFRICA, OS QUE INOVAM, OS QUE SE ADAPTAM E OS OUTROS


Sugerimos aos nossos amigos o superlativo A Grande Guerra em África. Um livro que resulta de apurada investigação e que coloca a descoberto muitas das vulnerabilidades que os aliados, e as forças portuguesas, sofreram no teatro de operações africano durante a Grande Guerra.
Sem menosprezar o génio do adversário (sob a liderança de Lettow von Vorbeck) que colocou sistematicamente em cheque as forças britânicas, sul-africanas, belgas e também as portuguesas, uma das principais conclusões (no que toca às forças nacionais) será aquela que remete para a implosão do exército (e das forças armadas em geral) que parece ter perdido a capacidade de combater (as eventuais causas estão expostas com meridiana clareza) num teatro de operações onde poucos anos antes tinha conseguido conseguido brilhar e vencer (no tempo da monarquia).
Um livro a não perder, profusamente ilustrado, que coloca a participação portuguesa na Grande Guerra em perspectiva.
As conclusões são surpreendentes.
Boas Leituras!

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: O ÚLTIMO DUELO DE ERIC JAGER



Corria o ano da graça de 1386. Uma família muito próxima da corte do rei de França vivia na sua propriedade. O marido tem necessidade de se deslocar a Paris junto do rei. É então que tem lugar um crime que ofende a sua esposa. O suspeito principal é um nobre vizinho, junto com os seus seguidores, e o caso chega a tribunal. 

O juiz para dá ordem para a realização de um ordálio, ou juízo de Deus. Neste caso um combate judicial. O rei de França autoriza essa prova e exige que tenha lugar em Paris, em público. 
Foi o último duelo, ou combate judicial, autorizado pelo rei de França.
Um relato rigorosamente documentado de um caso de amor, orgulho, desonra e tribunais na França do século XIV. 
A história é verídica, o enredo é assente em documentos, e as descrições nomeadamente dos combates verdadeiramente fascinantes.
A não perder esta preciosidade que nos relata os contornos da justiça medieval.
Boas Leituras!

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: BRIGADA MECANIZADA, 40 ANOS DE COMPROMISSO COM A DEFESA COLECTIVA

Com contributos de vários autores a presente publicação é um valioso instrumento para o conhecimento da maior unidade do Exército Português.
Com textos de alta qualidade, e profusamente ilustrado, o livro fala-nos sobre o passado da unidade, das suas capacidades actuais, e aponta caminhos para o futuro.
Indispensável numa biblioteca que se pretenda completa sobre o Exército Português.
Boas Leituras!

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

SUGESTÃO DE LEITURA: OS EXPEDICIONÁRIOS DA FREGUESIA DE ALTE. SOLDADOS LOULETANOS NA GRANDE GUERRA 1914-1918

Já está disponível o livro Os Expedicionários da Freguesia de Alte, Soldados Louletanos na Grande guerra de 1914-1918 da autoria de Rui Velez.
A Grande Guerra também comporta uma dimensão local, ou seja, um ângulo de análise cujo ponto focal é o homem, o soldado, o combatente, e as suas origens, muitas vezes remotas, que se vêem literalmente depositados, no caso da Flandres, no mais duro campo de batalha que a humanidade conhecera até então.
O presente livro explora com mestria esta dimensão muitas vezes negligenciada. 
A primeira parte é um superlativo resumo do estado da arte no que toca ao envolvimento de Portugal no conflito. O autor, com mestria, faz o elo de ligação entre os grandes movimentos políticos e militares a nível nacional, e internacional, para  o humilde soldado português que deixa a sua terra natal, neste caso as serras do Algarve, em direcção ao Norte da Europa e também para África.
Um livro indispensável.
Boas Leituras!

sexta-feira, 5 de julho de 2019

SUGESTÕES DE LEITURA: A MÁQUINA ILUMINADA, LIMITES DA CONSCIÊNCIA E O AVANÇO DA CIÊNCIA E O RECUO DE DEUS



Sugerimos aos nossos leitores três livros sobre ciência e filosofia da colecção Rumos do Pensamento.
De Luís Moniz Pereira sugerimos vivamente o superlativo A Máquina Iluminada, cognição e computação.
Este livro não é mera divulgação científica. Sendo o autor protagonista de importantes desenvolvimentos na Inteligência Artificial, se a computação é hoje o ponto de vista privilegiado para ler a realidade A Máquina Iluminada explica-nos o porquê.
De José António Alves propomos o livro Limites da Consciência, o meio segundo de atraso e a ilusão de liberdade. 
O autor fala-nos da relação mente-cérebro, do desfasamento temporal da consciência e da sensação de que somos livres. Estes são alguns dos enigmas mais notáveis da ciência contemporânea. Este livro relata as investigações clássicas de Helmholtz e de Benjamin Libet, bem como o debate actual em torno destes assuntos.
Por último sugerimos a leitura do livro O Avanço da Ciência e o Recuo de Deus, fronteiras do conhecimento. Com organização de Álvaro Balsas e contributos de vários autores, este livro debate a ideia de que Deus é nocivo para a humanidade.
Será mesmo assim?
Boas Leituras!